Fui nessa….

Um sorriso encantador, um olhar expressivo, sincero

figura interessante, porte garboso, acreditar pondero

que chegou o momento de recomeçar a roda da vida,

convivendo, abrindo a porta à aventura, comprometida

apenas com a esperança de ver o sol raiar junto de ti

amanhã e depois…. Fui nessa…. Pela emoção reconheci

o sinal, pela alegria vislumbrei o futuro menos obscuro,

pensei não haver saída para o esmagamento prematuro

da minha essência aberta ao mundo, creio rejuvenesci

porque as tuas palavras amigas e sábias, eu subscrevi

de forma elegante, fluente, interessante, falaste alegria

falaste vida, falaste esperança, falaste cheio de empatia,

o interesse pela vida, a humanidade e a individualidade

o preenchimento do vazio deixado pela dor e infelicidade

a cidadania e o sentido da vida regressaram a mim por ti!

Dedico este poema ao meu amigo e compatriota Alberto Neto com votos de que a esperança que ele incute e a alegria genuína que transmite perdurem até sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.